Connect with us

°C

Últimos Posts

Deslizamento de terra na Colômbia deixa mais de 200 mortos

2 de abr de 2017

media

O número de mortos no deslizamento de terra que provocou um mar de lama no sul da Colômbia, ocorrido na noite desta sexta-feira (31), já subiu para mais de 200 pessoas. A tragédia também deixou pelo menos 202 feridos e 220 desaparecidos, de acordo com o último balanço da Cruz Vermelha.

Mais de 300 famílias foram afetadas pela catástrofe. 25 casas foram totalmente destruídas e 17 bairros registraram sérios danos. A tragédia ocorreu na noite da sexta-feira (31) no município colombiano de Mocoa, a cerca de 1500 quilômetros da capital, Caracas. O governo declarou estado de calamidade pública. O deslizamento foi provocado pela cheia dos rios Mocoa, Mulato e Sangoyaco, em Putumayo, em plena Amazônia, desencadeada pelas fortes chuvas.

Em uma mensagem no Twitter, o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, enviou suas condolências e prometeu continuar o resgate das vítimas até o fim. "Nossos corações estão com as famílias das vítimas e afetados por esta tragédia. Não vamos desfalecer no seu atendimento", disse.

As imagens divulgadas pelas equipes de emergência mostram as ruas cobertas de terra, soldados carregando crianças, pessoas chorando e veículos destruídos. Os cerca de 40.000 habitantes do município de Mocoa estão sem energia elétrica e água corrente.

Só na noite de sexta-feira choveu 130 mililitros, 30% do que cai em um mês em Mocoa, segundo o presidente colombiano, ocasionando uma cheia súbita de vários rios. A chuva deve continuar, mas menos intensa, segundo o serviço de meteorologia do país.

Onda de inverno

A "onda de inverno" na América do Sul também afetou o Peru, que vem enfrentando desde o início do ano chuvas e deslizamentos de terra que deixaram, até o momento, 101 mortos. No Equador, também foram registradas 21 mortes desde janeiro e 9.409 foram famílias afetadas.

Mudanças climáticas

Segundo Martin Santiago, chefe das Nações Unidas para a Colômbia, as mudanças climáticas contribuíram para a tragédia. Diversos países prestaram apoio à Colômbia depois da catástrofe. Brasil, Espanha, Equador, Venezuela, Alemanha e a União Europeia, além de outros países e organismos internacionais, enviaram mensagens de solidariedade ao governo colombiano.
Publicidade
Publicidade

Add Comentário

© all rights reserved
Jesus Te Ama