Um símbolo gigante do cristianismo levanta-se no lugar do nascimento de Mao Tsé-Tung


Mao Tsé-Tung, ex-chefe do Partido Comunista da China, era um líder impiedoso. Ele perseguiu todos os religiosos e políticos Organizações E é em grande parte responsável pela perseguição cristã na China. Em muitas partes do país, você tem que temer por sua vida se você é um cristão. Seguir Jesus tem um preço. 
Embora a China ainda esteja perseguindo cristãos, agora, perto do lugar de nascimento de Mao, uma igreja enorme está sendo construída, relata o New York Times. Quando concluído, será ainda maior do que a maior estátua de Mao Tsé-Tung na China. É outro sinal do dramático "avivamento religioso", onde milhões e milhões estão se voltando para Cristo. 


Especialistas pensam que nos próximos 30 ou 40 anos o número de cristãos da China pode atingir um número elevado semelhante ao dos EUA ou do Brasil.

A Igreja de Xingsha faz parte de um parque ecológico de 617 milhões de dólares com temas cristãos que está sendo construído na capital da província de Hunan. É inspirado pela Arca de Noé.  Milhares de fãs "vermelhos" de Mao chegaram a seus smartphones e computadores este ano porque estão contra a construção da nova igreja. "Ir para o cristianismo em grande forma prejudica a segurança ideológica de nossa nação", escreveu Zhao Danyang, do site Red Morality Think Tank, em fevereiro 
Em Hunan, a província onde a igreja está sendo construída, comunistas e cristãos vivem lado a lado em paz. Os comunistas também são atraídos pelo cristianismo porque estão desapontados com o Partido Comunista, talvez um dia, num futuro próximo, o cristianismo ultrapasse o comunismo, algo que muitos pensavam nunca seria possível!
Publicidade
Publicidade

Aleatórios

Tecnologia do Blogger.