Connect with us

°C

Últimos Posts

Líder islâmico incentiva muçulmanos a matarem “todos os judeus”

O imame orou a Alá para “aniquilar até o último judeu”, não poupando nenhum deles.

26 de jul de 2017

O imame incentivou muçulmanos a matarem “todos os judeus”. (Foto: Reprodução/YouTube/Davis Masjid)
O imame incentivou muçulmanos a matarem “todos os judeus”. (Foto: Reprodução/YouTube/Davis Masjid)
O pregador islâmico Ammar Shahin convocou todos os muçulmanos a matar os judeus, em sermão realizada na última sexta-feira (21) no Centro Islâmico de Davis Masjid, na Califórnia.

 O vídeo traduzido pelo Instituto de Pesquisas de Mídia do Oriente Médio (MEMRI, na sigla em inglês) mostra que o imame orou a Alá para “aniquilar até o último judeu”, não poupando nenhum deles.

“Oh Alá, nos mostre o dia negro em que você irá lhes infligir, e as maravilhas de sua capacidade. Oh Alá, os conte um por um e aniquile até o último [judeu]. Não poupe nenhum deles”, declarou o líder muçulmano.

Shahin ainda enfatizou que o hádice (corpo de leis, lendas e histórias sobre a vida de Maomé) não revela onde acontecerá a batalha final.

“Não sabemos se é na Palestina ou em outro lugar", disse o imame, sugerindo a possibilidade dessa batalha acontecer também nos Estados Unidos ou Europa. “Quando essa guerra explodir, os judeus vão correr e se esconder atrás de cada pedra, casa, parede e árvore”.

O pregador islâmico também rezou para que a Mesquita de Al-Aqsa, situada em Jerusalém, seja libertada da "imundície dos judeus".

"Oh Alá, liberte a Mesquita de Al-Aqsa”, disse ele sobre o espaço conhecido pelo judaísmo como Monte do Templo. “Oh Alá, faça isso acontecer por nossas mãos. Vamos desempenhar um papel neste processo”.

Nascido no Egito e com uma licenciatura em Estudos Islâmicos, Shahin viajou para os EUA em 1999 e obteve um diploma em engenharia informática. Ele é instrutor do Instituto Islâmico Zidani, que ensina o Islã sunita ao Ocidente.
Publicidade
Publicidade

Add Comentário

© all rights reserved
Jesus Te Ama