GOSPEL TIMES

Seguir

Sobe para 43 o número de mortos em ataques do EI no Egito

Atentado em igreja do Egito
Foto: EFE
O número de mortos nos atentados deste domingo contra duas igrejas cristãs coptas no norte de Egito já subiu para 43, e o de feridos para 118, segundo o último balanço do Ministério da Saúde egípcio.

No primeiro ataque contra o templo de São Jorge, na cidade de Tanta, 120 quilômetros ao norte do Cairo, 27 pessoas morreram e 77 ficaram feridas, informou a agência de notícias estatal "Mena", que citou um comunicado ministerial.
A explosão ocorreu durante a missa do Domingo de Ramos, que marca o começo da Semana Santa para os coptas, minoria que representa cerca de 10% da população egípcia. 

 Um segundo atentado aconteceu pouco depois contra a catedral de São Marcos, na cidade litorânea de Alexandria, onde pelo menos 16 pessoas morreram e 41 ficaram feridas, de acordo com a recontagem do Ministério da Saúde.
O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu, através de sua agência de notícias "Amaq", a autoria dos dois atentados, em um breve comunicado divulgado nas redes sociais e cuja veracidade não pôde ser comprovada.
A filial egípcia do EI também reivindicou a autoria do ataque do último dia 11 de dezembro contra a igreja de São Pedro, situada junto à catedral do Cairo, no qual 28 fiéis morreram em uma explosão provocada por um terrorista suicida.
O presidente egípcio, Abdul Fatah al Sisi, expressou hoje suas condolências às famílias das vítimas, bem como a Liga Árabe e países vizinhos e aliados, que demonstraram sua solidariedade com o governo e o povo de Egito. 

 EFE
 
Este site ou as suas ferramentas de terceiros utilizam cookies, que são necessários ao seu funcionamento e necessários para atingir os objetivos ilustrados na política de cookies. Ao clicar em "Aceito" você concorda com o uso de cookies.