GOSPEL TIMES

Seguir

Jovem faz cirurgias plásticas para ficar “parecido com Jesus”

jesuslook

De acordo com o World News Daily Reporter, Mark Emery já seguiu os passos de Jesus de muitas maneiras diferentes por vários anos, tornando-se um próprio carpinteiro, além de estudar leis judaicas antigas e textos religiosos.

Ele chegou a gastar mais de US $ 215.000 em dois anos de cirurgia plástica para mudar sua aparência física para se parecer com Jesus. Após sofrer um total de 21 intervenções cirúrgicas, ele afirma estar "quase satisfeito" com os resultados.

"Algumas pessoas compram carros extravagantes ou mansões elegantes ... Eu uso meu dinheiro para mostrar meu amor por Jesus, fazendo uma cirurgias para parecer mais com ele", diz Emery. "Eu tento viver com seu exemplo e ser tão parecido com ele quanto posso. Para mim, agir como Jesus não era suficiente, queria realmente ser como ele e parecer com ele ".

Muitos críticos já surgiram nas mídias sociais, ambos denunciando ou zombando da tentativa do  Emery de se assemelhar a Jesus Cristo.

Centenas de pessoas, incluindo vários líderes religiosos, fizeram críticas , denunciando como "blasfêmia" ou "heresia" seu desejo de imitar fisicamente a aparência de Cristo.

"Os cristãos amam Jesus e tentam agir como ele, não se parecem com ele. Você devia se envergonhar. Isso é ridículo e anti-cristão " escreveu o Pastor John Hagee em sua conta no Twitter.

Muitos críticos também descreveram a cirurgia de Emery como "ridícula", uma vez que a aparência física de Jesus Cristo ainda não está clara e ainda está sujeita a muitos debates.

A própria Bíblia não dá descrição física de Jesus no sentido de descrever seu tom de pele, estilo de cabelo ou traços faciais.

Muitas teorias foram elaboradas por estudiosos ao longo dos anos, alguns deles incrivelmente rebuscados, afirmando que Jesus poderia ter sido africano ocidental, egípcio ou meio romano entre outros, mas nenhuma dessas reivindicações foi apoiada em qualquer prova.

É geralmente aceite entre os historiadores, que Jesus não era de descendência europeia, como geralmente é retratado em ícones e crucifixos. Em vez disso, ele se assemelhava a um homem moderno, árabe, turco ou outro do Oriente Médio, com uma cor de pele ligeiramente mais escura.

Apesar de todas essas críticas, o Emery diz que ele está realmente feliz com os resultados de sua cirurgia, afirmando que ele agora se sente mais perto de Jesus do que nunca sentiu em sua vida.
 
Este site ou as suas ferramentas de terceiros utilizam cookies, que são necessários ao seu funcionamento e necessários para atingir os objetivos ilustrados na política de cookies. Ao clicar em "Aceito" você concorda com o uso de cookies.