Um achado arqueológico recente confirma uma história bíblica sobre Jerusalém

Advertisemen
Um achado arqueológico recente confirma uma lenda bíblica sobre Jerusalém (FOTOS)

Arqueólogos israelenses fizeram uma descoberta importante nas escavações na Cidade Velha de Jerusalém: um selo de argila que pertencia a um antigo governante hebraico da cidade.

O objeto tem cerca de 2700 anos, informa o canal de televisão israelense ITV com referência à Autoridade de Antiguidades de Israel.
O selo do governador da cidade de Jerusalém. / Nir Elias / Reuters
A descoberta foi feita ao lado da parede ocidental do Monte do Templo, perto do Muro Ocidental. É uma impressão de argila queimada do tamanho de uma pequena moeda, 2-3 milímetros de espessura.

Na parte superior do selo, são vistas duas figuras, uma na frente do outro, e na parte inferior há uma inscrição no hebraico antigo: "pertence ao governante da cidade".

Autoridade de Antiguidades de Israel / AFP

Esse fato confirmaria "os registros bíblicos da existência de um governador da cidade de Jerusalém há 2.700 anos", diz o arqueólogo Shlomit Weksler-Bdolah.

Além disso, o pesquisador destaca a importância da descoberta, pois é o primeiro selo descoberto que contém uma carga precisa.

Na Bíblia, os governadores de Jerusalém são mencionados duas vezes, mas é a primeira vez que uma escavação arqueológica confirma a existência de pessoas que ocupam esse cargo, explicou o arqueólogo.

Advertisemen