GOSPEL TIMES

Seguir

"O cristianismo se foi para sempre": um estudo revela que a Europa abandonou a religião



Jovens europeus estão se tornando cada vez menos religiosos. Esta é a conclusão de um estudo intitulado "Jovens Adultos e Religião da Europa", do professor de teologia e sociologia da religião na Universidade de St. Mary (Londres) Stephen Bullivant. Em sua opinião, a religião está "morrendo".

Segundo a pesquisa, publicada na semana passada, 91% dos jovens entre 16-29 anos da República Checa, o país menos religioso de acordo com o trabalho, não é considerado religioso. Entre 70% e 80% dos jovens da Estônia, da Suécia e da Holanda também se definem como não religiosos. No lado oposto, a Polônia é o país mais religioso, onde apenas 17% dos jovens se definem como não religiosos, seguidos pela Lituânia, onde essa porcentagem sobe para 25%.

No Reino Unido, apenas 7% dos jovens se identificam como anglicanos e menos de 10% se consideram católicos. Os jovens muçulmanos chegam a 6% e estão prestes a superar os que se consideram membros da Igreja da Inglaterra.

"Com algumas exceções notáveis, os jovens adultos não mais se identificam ou praticam a religião ", diz Bullivant, citado pelo jornal The Guardian .

"O cristianismo como padrão, como regra, desapareceu e provavelmente desapareceu para sempre , ou pelo menos pelos próximos cem anos", diz Bullivant. "Em 20 ou 30 anos, as igrejas convencionais serão menores, mas as poucas pessoas que permanecerão serão altamente comprometidas", prevê ele.

 
Este site ou as suas ferramentas de terceiros utilizam cookies, que são necessários ao seu funcionamento e necessários para atingir os objetivos ilustrados na política de cookies. Ao clicar em "Aceito" você concorda com o uso de cookies.