Delegação dos EUA chega a Jerusalém para celebrar a transferência da embaixada

14/05/2018

/ by Gospel Times
A delegação dos EUA chegou para a cerimônia oficial de dedicação da embaixada em Jerusalém.

Essa delegação inclui os conselheiros Ivanka Trump e Jared Kushner, o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, o subsecretário de Estado John J. Sullivan e vários membros do Congresso.

O grupo chegou ao Aeroporto Internacional Ben Gurion no domingo. A cerimônia será realizada na segunda-feira.

Em dezembro, Trump reconheceu Jerusalém como a capital de Israel e em fevereiro anunciou que a embaixada se mudaria em maio de Tel Aviv para Jerusalém. O presidente se gabou de que o movimento está abaixo do orçamento.

A decisão foi tomada há anos e ganhou o louvor de muitos cristãos que vêem Jerusalém como a legítima capital de Israel. Eles também chamam a mudança de cumprimento da profecia bíblica.

Críticos, incluindo o presidente da Autoridade Palestina, Abbas, dizem que isso vai cortar as chances de os EUA liderarem as negociações de paz entre Israel e os palestinos.

O prefeito de Jerusalém, Nir Barkat, disse no domingo que a mudança da embaixada dos EUA para Jerusalém foi muito mais do que apenas mudar-se para outro prédio ou levar as pessoas para outro lugar. Pelo contrário, trata-se de uma nova ordem no Oriente Médio com os vizinhos de Israel e no país e na cidade.

"Começa pelo presidente Trump declarando inequivocamente que a cidade de Jerusalém tem profundas raízes para o povo de Israel e para o povo judeu e reconhecendo Jerusalém como a capital do Estado judeu", disse Barkat a jornalistas no domingo.

"Setenta anos depois, após celebrarmos nosso aniversário e a liberdade do Estado de Israel, esse reconhecimento é muito importante e estratégico para nós, porque é o reconhecimento da conexão de Jerusalém com o passado e nos ajuda a melhor cumprir a visão de Jerusalém no futuro. ," ele disse.Com informações CBN News

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© all rights reserved
Feito com por JC Design