Justiça nega liberdade ao pastor George Alves

maio 07, 2018
O pastor George Alves ainda terá que passar mais algum tempo na prisão. Em uma decisão de sexta-feira (4), o Tribunal de Justiça do Espírito Santo negou um pedido de habeas corpus apresentado pelos advogados do religioso. As informações foram dadas pelo Gazeta Online.

George está detido temporariamente acusado de atrapalhar as investigações sobre a morte de seu filho, Joaquim, de 3 anos, e de seu enteado, Kauã, de 6 anos. O pastor está preso desde o dia 28 do mês passado. A decisão foi do juiz Grécio Grégio, que expediu um mandado de 30 dias.



Fonte:Pleno.News

Nenhum comentário

Postar um comentário

Não Perca
© Alguns direitos reservedos
2018
Feito com & por JC Design