Servos por opção





"Assim também vocês, quando tiverem feito tudo o que lhes for
O apóstolo Paulo frequentemente se descrevia como um servo do Senhor Jesus Cristo. Não é a mesma coisa que nos horríveis tempos passados de escravidão, em que as pessoas eram forçadas a trabalhar para o seu Senhor. Ser um servo de Cristo significa servir a Deus. É uma coisa que se aceita livremente fazer.


Qual o objetivo de um servo? Agradar o seu senhor, fazer o que seu senhor quer que ele faça. Como 1 Coríntios 6:20 nos lembra: "Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o corpo de vocês."


Não entenda mal. Não é como se Deus me houvesse pego à força e me obrigado a ser escravo Dele. Não. É mais como estar algemado num mercado de escravos. Jesus vem, olha pra mim e diz: "Quero esse". Aí ele me compra.


Então eu digo: "Muito bem, mestre, aonde quer que eu vá?"


"Quero que venha aqui porque vou tirar de você essas algemas."


"Caramba, assim me sinto bem melhor."


Aí Jesus diz: "Vamos ao Cartório".


"Para quê?"


"Agora vou adotar você como meu filho. Veja bem, você é meu escravo, mas é também meu filho."


"Quer saber?", eu digo. "Quero ser seu escravo para sempre".


É assim que funciona. Não sou escravo porque eu tenho que ser; sou escravo porque eu quero. O Oleiro que nos moldou é também nosso Pai que nos ama. Nosso Senhor é também nosso Amigo que nos quer bem. É assim que somos chamados a ser Seus servos.
Link para o texto original

Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem sequi nesciunt.

Disqus Comments