Ir para o conteúdo principal

Presbítero da Assembleia de Deus comete suicídio

Um novo caso de suicídio entre lideranças evangélicas foi registrado na última terça-feira, 01 de janeiro de 2019, em Teresina (PI): o presbítero da Assembleia de Deus que era conhecido como “pastor Machado”, por conta de suas atribuições junto à denominação.

O presbítero Machado era dirigente de uma congregação da Assembleia de Deus e ligado à Convenção Estadual da denominação (CEADEPI). No culto de virada de ano, ele participou da celebração, orou e congratulou-se com os irmãos, e quando já estava em casa, foi ao banheiro e cometeu suicídio, por volta das 04h30.

De acordo com informações do portal JM Notícia, o presbítero – identificado apenas como Machado – tinha 60 anos de idade e estava sob liderança do pastor Edmilson Cruz, responsável pelo campo de Jardim Europa, onde sua congregação estava localizada. Essa referência teria sido confirmada pelo pastor da Assembleia de Deus Missões em Cocal dos Alves (PI), Odiel Lopes.

Outro pastor assembleiano, Daniel Fontinelle, presidente da Assembleia de Deus Missões em Barra da Alcântara (PI), revelou que o presbítero Machado exercia o pastoreio de pequenas congregações há décadas, era policial militar aposentado e se encontrava em uma profunda depressão.

“Era um grande homem de Deus, dedicado à obra do Senhor Jesus; pastoreou durante 30 anos igreja aqui no Piauí, mas, de repente, foi acometido por uma depressão profunda. Ele tinha entregado a igreja cerca de um mês atrás para realizar tratamento”, contextualizou.
Tópicos:

Veja Também

 
Vídeo

Brasil

Brasil

Mundo

Mundo

Política

Política

Devocional

Devocional
Gospel Times

Seguir