Ir para o conteúdo principal

Funerária abre processo contra igreja por ressuscitar "morto"

JOHANNESBURGO - Uma funerária abriu um processo contra o Ministério Internacional do Alleluia por envolver seu nome  em uma falsa ressureição.

Um vídeo mostrando o líder da igreja, Alph Lukau, orando sobre o homem supostamente morto que sai de um caixão, foi amplamente compartilhado online.

Um veículo com o logo da funerária pode ser visto nas filmagens, mas a empresa diz que só foi contratada para fornecer um carro funerário e nada mais.

O serviço fúnebre diz que todo o processo envolvendo o chamado homem morto era suspeito.

O porta-voz Giyani Dube diz que eles foram instruídos a buscar o corpo do falecido em uma área residencial em Lyndhurst e transportá-lo para a igreja.

"Eles indicaram que toda a documentação necessária foi feita."

Dube diz que seu motorista foi instruído a não participar da ajuda para colocar o caixão no carro fúnebre.
Ao mesmo tempo, alguns líderes religiosos e igrejas se manifestaram pedindo a prisão do pastor Alphu Lukau.



Tópicos:        

Veja Também

 
Vídeo

Brasil

Brasil

Mundo

Mundo

Política

Política

Devocional

Devocional
Gospel Times

Seguir