Ir para o conteúdo principal

Tiroteio em sinagoga em San Diego , crianças entre feridos

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas, incluindo crianças, após um tiroteio em uma sinagoga da área de San Diego, disseram autoridades locais.

O Gabinete do Xerife de San Diego disse que um homem está sob custódia e sendo interrogado e não acredita que haja outros suspeitos.

"Não acreditamos que haja outros suspeitos", disse um porta-voz da polícia de San Diego ao The Daily Beast.

De acordo com o porta-voz, quatro vítimas foram transportadas para o hospital mais próximo.

O rabino Yisroel Goldstein, que supostamente fundou o centro de Chabad em 1986, foi baleado e perdeu dois dedos, segundo relatos locais.

O tiroteio vem no último dia da Páscoa. De acordo com o anúncio do evento no site da sinagoga, eles estavam em uma Celebração da Páscoa que começava às 11 da manhã e estava marcada para terminar às 19 horas com uma refeição final da Páscoa.

O tiroteio aconteceu exatamente seis meses depois que quase uma dúzia de pessoas foi baleada e morta em uma sinagoga de Pittsburgh durante os cultos matinais.

O atirador, Robert Bowers, 46 anos, entrou na sinagoga da Árvore da Vida logo depois das 10h da manhã, gritando "todos os judeus devem morrer" antes de abrir fogo e matar 11 pessoas.
Tópicos:  

Veja Também

 
Vídeo

Brasil

Brasil

Mundo

Mundo

Política

Política

Devocional

Devocional
Gospel Times

Seguir